Para diminuir o abismo cultural de Várzea Paulista, o candidato a prefeito Junior Aprillanti (PSB) pretende implantar a Virada Cultural. A ideia é resgatar a autoestima da população e valorizar os talentos regionais. 

Junior revela que a cultura é uma ponte para a promoção da cidadania. “O morador de Várzea Paulista é obrigado a se divertir em Jundiaí. Faltam opções de lazer”, afirma. 

Uma das propostas da virada é valorizar os talentos locais. E não faltam talentos na cidade. Um deles é o violeiro Campos Silva que se apresenta em bares e casas noturnas da região. “Talentos assim temos que valorizar”, completa. Outros exemplos são os grupos de pop rock e rap que existem em Várzea Paulista. 

O projeto também pretende estimular a produção cultural de teatro, dança entre outras formas de expressão e sempre de maneira gratuita para a população. O principal objetivo é unir movimentos sociais e artistas. Além disso, o evento propõe atrair expressões artísticas de toda região. 

“Ao criar um evento como a Virada podemos reunir todos esses talentos num só espaço e resgatar o público, porque infelizmente já não temos mais o Orquivárzea e o próprio carnaval. Nossa cidade merece mais”, conclui.