Por meio de articulações técnicas e políticas, vamos buscar recursos estaduais e federais para garantir o bom atendimento à população. Fortalecer a porta de entrada da Saúde, que são as Unidades Básicas. Aumentar o número de especialistas para ampliar o atendimento. Consolidar o Programa Saúde da Família, que oferece uma gama maior de serviços, à medida que conta com o trabalho de agentes comunitários para mapear a população, orientar a respeito de tratamentos, vacinas e todos os pontos relacionados à saúde, e ainda efetuar visitas a pacientes acamados. Além disso, reforçar o atendimento de urgência e emergência na cidade. E buscar recursos para a criação da primeira maternidade de Várzea Paulista, com o intuito de proporcionar mais conforto às gestantes e propagar o sentimento de pertencer à cidade.

PRINCIPAIS AÇÕES VISADAS:

• Criar três P.A. (Pronto Atendimento) nas Regiões Norte, Leste e Centro/Oeste;

• Aperfeiçoar o sistema de informatização visando melhorar a comunicação e agilidade nas marcações de exames e consultas;

• Valorizar a formação continuada dos servidores;

• Criar e implantar o Projeto que visa “Cuidar do Cuidador”;

• Estimular a adoção de convênio para referenciar o Hospital Municipal como um Hospital-Escola;

• Buscar convênio junto à Faculdade de Medicina de Jundiaí e outras instituições, possibilitando que os médicos residentes e demais profissionais da área possam trabalhar junto com o médico preceptor;

• Melhorar a gestão do SUS (Sistema Único de Saúde) local, visando a prover os profissionais e os usuários de sistemas mais eficientes;

• Reestruturar as Unidades Básicas de Saúde com e manutenções permanentes;

• Ampliar gradualmente os recursos municipais investidos na Saúde;

• Visar eficiência maior na Atenção Básica de Saúde;

• Fortalecer e aprimorar o Programa Saúde da Família, levando saúde para quem não pode chegar à Unidade Básica de Saúde;

• Ampliar a assistência farmacêutica local, possibilitando a entrega de medicamentos em todas as UBS;

• Realizar certos exames clínicos na própria UBS;

• Aumentar o número de médicos especialistas nas Unidades Básicas de Saúde e no Centro de Especialidades;

• Retornar gradualmente à rede básica as especialidades de Ginecologia Clínica geral e Pediatria em todas as unidades da cidade;

• Estender horário de funcionamento de algumas UBS por região e demanda;

• Adotar sistemas para diminuir o tempo de espera na marcação de consultas;

• Implantar o programa federal “Rede Cegonha”, que oferece acompanhamento qualificado para gravidez de alto risco, bem como a consolidação de um sistema de pré-natal e parto humanizados;

• Proporcionar formação continuada e permanente aos agentes de saúde e demais profissionais da área para melhorar o atendimento ao público;

• Efetuar mutirões para reduzir a espera por consultas e exames;

• Reativar o Hospital da Cidade de Várzea Paulista;

• Buscar implantar maternidade com Centro Cirúrgico, UTI e Banco de Sangue dar início ao atendimento neonatal;

• Buscar a implantação do SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) em Várzea Paulista;

• Desenvolver ações de promoção da saúde bucal nas escolas e na comunidade;

• Criar programas de cuidado, especialmente para os idosos e para os portadores de hipertensão arterial, diabetes e obesidade;

• Ampliar programas de promoção à saúde com a comunidade através de ações nas áreas de educação, esporte, lazer, cultura e meio ambiente;

• Efetuar campanhas eficazes de prevenção e combate a epidemias (Dengue e correlatas) e doenças infectocontagiosas;

• Ampliar as ações de cuidados com zoonoses e buscar aprimorar a estrutura existente, sempre dialogando com as entidades protetoras de animais.