A falta de mobilidade urbana é um dos aspectos mais evidentes do município. O projeto busca viabilizar novas vias e melhorar as existentes para otimizar o trânsito de pedestres e veículos, públicos e particulares, pela cidade. Também criar um Sistema Municipal de Transporte Público eficiente.

Principais ações visadas:

• Instalar defensas em toda a extensão da Marginal do Rio Jundiaí;

• Estruturar equipe de engenharia de tráfego;

• Regulamentar o serviço de táxi no município;

• Elaborar projeto de ciclovias;

• Redimensionar o número de rotas acessíveis;

• Colocar cobertura nos pontos de ônibus de maior demanda;

• Incluir ônibus acessíveis nas frotas;

• Rever os acessos e saídas da cidade, facilitando a mobilidade urbana;

• Transparência na destinação das receitas originárias das cobranças de multas, através de prestação de contas anual;

• Adotar o sistema de Bilhete Único nos ônibus buscando a integração regional através do Aglomerado Urbano de Jundiaí;

• Implantar semáforos para pedestres e gradil direcionador de pedestres nos locais de grande demanda objetivando a acessibilidade;

• Melhorar e ampliar o sistema de sinalização viária horizontal e vertical;

• Promover ações permanentes de educação e conscientização sobre o trânsito nas escolas da rede pública municipal e incentivar as escolas da rede estadual e privada para também realizarem este trabalho;

• Realizar palestras, atividades lúdicas e campanhas que visem a mudança de comportamento no trânsito;

• Criar campanhas de incentivo ao transporte solidário.

• Realizar cursos de capacitação e formação continuada dos funcionários da Secretaria de Trânsito;

• Acompanhar o cumprimento de horários e conservação dos ônibus que fazem o transporte coletivo através da implantação de aplicativos com GPS;

• Orientar e fiscalizar as áreas de estacionamento nas vias públicas;

• Instalar placas de identificação de ruas.